Conselho de Desenvolvimento Rural Sustentável toma posse e define estratégias

A próxima reunião do Conselho está agendada para o mês de setembro
Conselho de Desenvolvimento Rural Sustentável toma posse e define estratégias
TEXTO: Jéssica Romanha   FOTO: Divulgação

Novos membros do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável (CMDRS) tomaram posse na última terça-feira, dia 25, na sede da APA do Mestre Álvaro e definiram estratégias para os próximos anos.

De acordo com o secretário de Agricultura e presidente do CMDRS, Erly Vieira, o conselho vai trabalhar para traçar articulações com a sociedade pública e privada. “Temos que buscar ideias e recursos junto às entidades, secretarias estaduais e federais e com as emendas parlamentares”, acrescentou.

Erly salientou que o trabalho do grupo será baseado em três pilares: social, econômico e ambiental. “Temos que produzir atendendo aos três pilares. Não é fácil, mas, temos que atender a esses objetivos”, disse.

O secretário Erly Vieira convocou os presentes para traçarem estratégias e inovarem na nova gestão. “É preciso propor estratégias, criar e sonhar ações inovadoras. Sair da mesmice porque o dinheiro está curto”, completou.

Ao todo, 23 membros compõe o conselho. Destes, seis são do Poder Executivo municipal, dois do poder público estadual, nove são representantes da sociedade civil, três representantes da Federação das Associações de Moradores da Serra e três da Câmara Municipal.

Até o momento foram indicados os seguintes nomes para representantes do executivo municipal: Erly Vieira (Seap), Evaldo Borges (Semma), Josélia Maria Christo (Sedu), Sonísio Pimentel (Sefa), Milagros Aliva Guerra (Sesa). Para representantes do executivo estadual: Joelson Sutil Jesus Ferreira (Incaper), Carlos Alberto Araújo Filho (Idaf); representantes da sociedade civil: Renato Pinheiro Carvalho (STR), João Carlos Ribeiro (Aprumus), Maria Helana Souza Piazzarollo (Agrotur), Manoel Bueno Santos (Fapaes), Deraldo Balestreiro (APLJ), Renata dos Santos Pereira (Colônia de Pescadores), Ahirton Balieiro Diniz (setor de borracha).

O conselho foi criado pela Lei nº 4.130 de 28/07/2014 e deve ter como presidente o secretário de Agricultura, Agroturismo, Aquicultura e Pesca (Seap) da Serra. O mandato será de dois anos, prorrogável por igual período.

A próxima reunião está agendada para o mês de setembro. O evento começou às 14h30 com a entrega do primeiro Selo de Inspeção Municipal (SIM), seguido pela apresentação dos nomes dos conselheiros e discussões das próximas ações do grupo.


Serviço:

O Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável – CDMRS:
é o órgão colegiado governamental com participação social de caráter consultivo e propositivo.

Principais funções: apresentar sugestões para a elaboração e o desenvolvimento de programas e ações governamentais específicas que promovam o desenvolvimento rural sustentável; apoiar a Secretaria Especial de Agricultura, Agroturismo, Aquicultura e Pesca na articulação com outros órgãos da administração pública municipal e dos governos federal e estadual, entre outros.