Prefeitura da Serra busca referências em Santos para destravar burocracia

Processos Digitais geram economia de R$ 670 mil por ano em gastos como papel, armazenamento e transporte de documentos físicos
Prefeitura da Serra busca referências em Santos para destravar burocracia
TEXTO: Jéssica Romanha   FOTO: Jéssica Romanha

Na busca de know-how e referências positivas para ser implantadas na Serra, os secretários de Desenvolvimento Econômico, Paulo Menegueli, Desenvolvimento Urbano, Tarcísio Bahia, e Meio Ambiente, Marcos Franco, participaram da audiência pública "A desburocratização como chave do empreendedorismo", na última sexta-feira (23), com o ex-secretário de Gestão e atual secretário de Saúde de Santos (SP), Fábio Ferraz.

A implementação e os benefícios dos Processos Digitais na Prefeitura de Santos (SP), foram tema de discussão e aprendizado, já que a cidade foi pioneira na adoção destas ferramentas, antes disseminada na iniciativa privada e em alguns órgãos públicos estaduais e federais.

Em palestra, Ferraz relatou que o processo de adoção da tecnologia teve início em setembro de 2014 e gera uma economia de R$ 670 mil por ano em gastos como papel, armazenamento e transporte de documentos físicos. Também foi apontado que com o processo de desburocratização houve redução de até 90% no tempo de tramitação dos processos entre os setores municipais, melhora da rotina dos servidores e mais organização.

O secretário de Desenvolvimento Econômico da Serra, Paulo Menegueli, que também participou da mesa de debates, acredita que é importante a absorção de referências positivas para haver avanços, e pontuou a importância das trocas de experiências entre gestores.

“A desburocratização está em pauta em diversos lugares, e não é diferente na Serra. E isso é necessário para sobrevivência dos empreendimentos. A experiência de Santos – cidade portuária e com vocação exportadora como a Serra – é positiva para nós, que seguimos a meta de um modelo de gestão compartilhado, transparente e online”, disse.

Menegueli também ressaltou em explanação aos ouvintes que o comitê de desburocratização criado na Serra no início do ano busca a cada dia se aprimorar, somando esforços na busca de boas referências, parcerias e colocando o projeto em prática. “É importante pensar e discutir o tema para tornar a máquina pública mais célere. A desburocratização e simplificação do sistema é um pedido do prefeito Audifax”, lembrou.