Serra comemora Semana pela Cidadania

Atividades começam neste sábado (24)
Serra comemora Semana pela Cidadania
TEXTO: Rafael Ferraz   FOTO: Marília Nascimento

Assuntos que envolvem a diversidade é o tema deste ano da Semana pela Cidadania de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Intersexuais e da XI edição do Manifesto Lgbti, que acontece a partir deste sábado (24). Esta já é a 11ª edição do evento, que vai contar com jogos esportivos, luau das vivências, piquenique das famílias homoafetivas, oficinas sobre DST, e muitas outras coisas.

A novidade é que este ano o evento contará com um culto ecumênico realizado pela igreja inclusiva IJC Resgatados pela Graça, localizada em Bairro de Fátima. Segundo Fernanda Juliely, pastora e responsável pelo culto, esse será um importante momento para possibilitar o exercício da fé cristã e o direito à liberdade de crença. “Nosso objetivo é pregar o amor, mostrar que Deus nos aceita como somos e que estamos abertos a toda diversidade humana”, concluiu.

A expectativa é que toda a programação, que inclui também o XI Manifesto LGBTI, atinja cerca de 15 mil pessoas. A secretária de Direitos Humanos e Cidadania da Serra, Lourência Riani, afirma que toda a população precisa dar um basta na intolerância, ofensas e preconceitos.

O encerramento, que já é tradição, será realizado pelo Manifesto Lgbti, na orla de Jacaraípe, no dia 2 de dezembro. A concentração terá início às 14 horas, em frente da praça Encontro das Águas, e contará com uma programação cultural que inclui shows musicais, performances e falas de conscientização.

Para participar das atividades da Semana de Cidadania não é necessário fazer inscrição prévia, basta os interessados comparecerem aos locais onde ocorrerão as atividades, de acordo com o chefe da Divisão de Promoção dos Direitos Humanos da Sedir, Eliandro Reis. “Nosso objetivo é facilitar ao máximo a participação das pessoas e contribuir para a redução do preconceito”, disse.

Uma oportunidade de reivindicação. A presidente do Fórum LGBTI da Serra, Layza Lima, afirma que o manifesto é um grande espaço para exigir os direitos e dar visibilidade as dificuldades enfrentadas diariamente.

Confira a programação:

DATA

EVENTO

HORÁRIO

LOCAL

24/11

LGBTI esportivo

De 14 às 18 horas

Píer Jacaraípe. Próximo ao monumento Iemanjá

24/11

Luau das vivências

De 19 às 21 horas

Píer Jacaraípe. Próximo ao monumento Iemanjá

25/11

3º piquenique das famílias homoafetivas

De 15 às 18 horas

Parque da Cidade

27/11

Oficina sobre IST/DST

De 14 às 17 horas

Cras de Laranjeiras

28/11

Cine debate

De 14 às 17 horas

Cras/Cai de Jardim Carapina

29/11

Culto Ecumênico

De 19:30 às 20:30 horas

Praça de Bairro de Fátima

29/11

Ação nos pontos de prostituição

De 21h à meia-noite

Laranjeiras

30/11

Praça das Cores

De 17 às 19 horas

Praça da Serra-Sede em frente à Sedir

02/12

Manifesto LGBTI

De 14 às 23 horas

Praia de Jacaraípe