População da Grande Jacaraípe escolhe destino do Clube Riviera

A população da Grande Jacaraípe votou pela construção de um centro esportivo e cultural na área de 8.600 metros quadrados
População da Grande Jacaraípe escolhe destino do Clube Riviera
TEXTO: Dayane Freitas   FOTO: Divulgação

A população da Grande Jacaraípe votou pela construção de um centro esportivo e cultural na área de 8.600 metros quadrados do antigo Clube Riviera, em Jacaraípe.

O destino da área, que estava indefinido há alguns anos, foi escolhido entre outras propostas sugeridas por mais de 200 pessoas que lotaram o auditório da escola Leonel de Moura Brizola, em Bairro das Laranjeiras, na noite da última quinta-feira (27). A população solicitou ainda que uma parte da área seja doada ao governo do Estado para a construção de um destacamento policial.

A secretária de Planejamento Estratégico da Serra, Patrícia Lempê, que coordenou os trabalhos da noite, destacou o resultado positivo. “Nosso objetivo, de ouvir a população, foi cumprido. Foi um momento importante em que a gestão democrática e a participação popular foram respeitadas.”

Durante a audiência pública, os moradores se inscreveram para falar e cada um teve três minutos para explanar sua ideia. Sete propostas foram colocadas em votação. A vencedora saiu entre as duas ideias mais votadas.

O prefeito Audifax Barcelos deixou claro, durante o evento, que a área não está à venda. “Nossa prioridade é o interesse público”, pontuou.

A partir de agora, Patrícia explicou que a prefeitura vai buscar o judiciário para tentar agilizar o máximo possível todo o processo, já que a obra está embargada pela Justiça. “Paralelamente a isso, vamos iniciar a elaboração do projeto do centro cultural e esportivo e tentar captar recursos para a obra”, explicou a secretária.

Segundo ela, ainda não é possível definir prazos por causa do embargo, que ainda depende de retorno do Judiciário.

Também estiveram presentes ao evento o procurador-geral da Serra, Vitor Silvares; o coordenador de governo, Jolhiomar Massariol; o engenheiro da Secretaria de Obras, Edmo Pires; o deputado estadual Bruno Lamas; os vereadores da Serra Cleusa Paixão e Cabo Porto; o presidente da Federação das Associações de Moradores da Serra (FAMS), Jean Cassiano, entre outras autoridades.